domingo, julho 3

:: Pequenas alegrias

Tem essas pequenas coisas de que gosto. Quando ele escreve pela manhã para dizer que teve um sonho lindo comigo e queria me ver, por exemplo. Ou quando chega uma música que combina comigo de alguém que ouviu e lembrou de mim. Gosto quando as meninas, lá de longe, me mandam e-mails longos, longos relembrando nossa infância. Ou de receber alguém especial para o café da manhã, num domingo feioso. E então arrumar a mesa com as minijarras de prata que eu trouxe da feira de antiguidade de Londres e nunca uso, já com leite. E vasinhos delicados e esperar minhas visitas amáveis ao som do tango de Piazzolla. E tem uns escritos de que gosto em particular, como esse lá de Portugal: "princesa, é incrível como eu me lembro de você nas viagens... coisas de menina, comidinhas, delicadezas para casa... uma porção de miudezas que eu penso sempre que só você seria capaz de entender". São coisas assim que gosto de anotar para reler. Dá aconchego mesmo quando se está triste ou só.

Um comentário:

Fernanda Rodrigues (Fê_Notável) disse...

A esses prazeres da vida, chamo de felicidade!



http://algumasobservacoes.blogspot.com/
http://www.escritoshumanos.blogspot.com/