sexta-feira, janeiro 30

:: Pidona



Eu sempre fiz charme para pedir as coisas. Meu irmão pequeno aprendeu comigo e faz igualzinho, desde sempre. E ontem ele veio me mostrar a obra completa da Mafalda, novinha em folha. Tinha acabado de ganhar. E eu franzi a sobrancelha e falei fininho: me dá...? E ele, mas Lu... E deu um pulo enquanto dizia peraí. Voltou com um livro velho, de capa dura (os meus prediletos), dos dez anos de Mafalda: esse era do papai, mas pode ficar com você agora.
Não é lindo? É por isso que eu vou esmaga-lo pra sempre. Depois, eu fui até o carro pegar o presente de Natal atrasado e agora ele anda de patins (!) e quer ir no parque. Ele me esmagou igual. Melhor, quando não tem presente, é a mesma coisa. Ou mais.

Um comentário:

.duas doses de desdém - Gui disse...

Aiiiimmm que lindo isso!

Eu adoro meus irmãos, isso que tenho 6 0___O

Mafalda é genial.

Beijo!